XX Semana Brasileira do Aparelho Digestivo

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

DOENÇA DE CROHN NA ADOLESCÊNCIA: A IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO PRECOCE

Apresentação do Caso

Jovem de 14 anos, emagrecido, sarcopênico, com atraso no desenvolvimento puberal, apresenta dores abdominais recorrentes e perda ponderal significativa nos últimos 6 meses. Histórico de anemia ferropriva, hipoalbuminemia e elevação de marcadores inflamatórios. Submetido à investigação complementar em hospital terciário. Em colonoscopia, identificada estenose em Válcula Ileocecal (VIC) e úlceras rasas no cólon, além de pseudopólipos. Anatomopatológico sugestivo de doença de Crohn (DC). Enterorressonância magnética com acometimento inflamatório no íleo distal e VIC, além de comprometimento mesentérico. Diante do comprometimento inflamatório e Estenosante e acometimento ileocolônico, fora optado por início de Infliximabe e Azatioprina.

Discussão

A DC é caracterizada por inflamação transmural e compromete todo o trato gastrointestinal. Cerca de 80% dos pacientes apresentam acometimento de intestino delgado, 50% íleo e cólon e apenas 20% apresenta doença limitada ao cólon. Embora ocorra em qualquer idade, apresenta dois picos de incidência – segunda a terceira e sétima décadas de vida.com discreta predominância no sexo feminino. O quadro clínico inclui dor abdominal, diarreia (com ou sem sangramento), perda ponderal e fadiga. Pode apresentar comportamento inflamatório, estenosante e fistulizante, além de comprometimento perianal.
As crianças e adolescentes ao diagnóstico poderão apresentar retardo do crescimento e atraso puberal precedendo os sintomas gastrointestinais. Essas condições também predispõem problemas psicossociais e econômicos como depressão, alteração da imagem corporal, falta ao trabalho e escola, os quais limitam a qualidade de vida. O diagnóstico da DC ocorre através da soma dos achados clínicos, exames laboratoriais, imagens radiológicas, ileocolonoscopia e histopatologia. Não há um único exame padrão-ouro pelo qual se possa diagnosticar a doença inflamatória intestinal. O tratamento dependerá da atividade e gravidade da doença incluindo imunossupressores, imunobiológicos e cirurgia.

Comentários finais

A DC deve ser considerada como diagnóstico diferencial em pacientes que apresentam dor abdominal, diarreia e perda ponderal. É indispensável o reconhecimento precoce da patologia, pois o diagnóstico tardio pode gerar atraso de crescimento, desnutrição e prejudicar o desenvolvimento psicossocial.

Palavras-Chave

Doença de Crohn; Dor abdominal;

Área

Gastroenterologia - Intestino

Autores

Gabriela de Moura Hining, Andreza Gauterio Cavalcanti, Patrícia Paraboni Bersaghi, Carla Bortolin Fonseca, Fernando Sehbe Fichtner, Renata Sehbe Fedrizzi, Andressa Rafaela de Moura Hining