XX Semana Brasileira do Aparelho Digestivo

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Perfil Clínico dos pacientes portadores de Doenças Inflamatórias Intestinais (DII) e COVID-19 no Estado do Ceará

Introdução

Diferentes referências sugerem que pacientes com doenças inflamatórias intestinais (DII) não apresentam risco aumentado de infecção por SARS-CoV-2. Dados recentes reforçam piores desfechos em pacientes com DII que apresentam sintomas gastrointestinais devido COVID-19.

Objetivo

Descrever as características clínicas de pacientes com DII que desenvolveram sintomas e com teste positivo para SARS-CoV-2 seja por RT-PCR, Antígeno ou Sorologia no estado Ceará.

Método

Realizamos um estudo retrospectivo no qual os pacientes foram interrogados sobre quadros clínicos confirmados de COVID. Foram avaliadas características clínicas, do tratamento de DII, bem como a necessidade de internação hospitalar por COVID-19. Os dados foram coletados entre março de 2020 a maio de 2021 e os dados foram exportados e analisados ​​no SPSS Statistics (IBM Corporation, Armonk, New York, Estados Unidos)

Resultados

Foram coletadas informações de 45 pacientes portadores de DII e que tiveram diagnóstico confirmado de COVID-19. Do total 39,5% eram do sexo masculino, a média de idade foi 41,13 (± 13) anos. A maioria dos participantes tinha doença de Crohn (71,4%). Entre os sintomas gerais encontramos adinamia (81%), dor muscular (72%), tosse ou dor de garganta (69%), Febre ( 67,4%), ageusia (60,5%), anosmia (58,1%), 44,2% relataram sintomas de diarréia e 39,5% dor abdominal no momento do diagnóstico de COVID-19. Um grupo 04 (9%) dos pacientes necessitou internar devido atividade ou complicação relacionada a DII e acabaram adquirindo COVID-19 na internação. Somente 02 (4,5%) pacientes precisam se internar e nenhum paciente foi para Unidade de Terapia Intensiva devido COVID-19.

Conclusão

Apresentamos o perfil clínico dos pacientes portadores de DII que desenvolveram COVID-19 no estado do Ceará. Nosso estudo corrobora dados nacionais e internacionais em que a DII não se mostra um fator de risco isolado para COVID.

Palavras-Chave

DII, COVID, perfil clínico

Área

Gastroenterologia - Intestino

Autores

Caio Cesar Furtado Freire, Milena Santana Girão , Jessica Aguiar Benevides , Giselle Amorim Pontes, Francisco Pinto Morais Neto, Samantha Sousa Silva, Lorena Alves Souza Leal Araujo, Watruzy Lima Oliveira, Priscilla Luna Silva, Leonardo Hackbart Bermudes