XX Semana Brasileira do Aparelho Digestivo

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Estratégias para aumentar a taxa de rastreio do câncer colorretal em população de risco moderado: uma revisão sistemática

Introdução

As evidências de estudos de intervenção randomizados indicam que o rastreamento do câncer colorretal (CCR) é eficaz na redução da mortalidade.

Objetivo

Avaliar os fatores associados ao sucesso de estratégias que aumentem a adesão aos exames de rastreamento do CCR por pacientes de médio risco.

Método

Foi usado o protocolo para revisões sistemáticas e metanálises (PRISMA) como base metodológica. Utilizamos os bancos de dados PubMed e Scopus utilizando os seguintes descritores: colorectal neoplasms AND health education AND mass screening AND early cancer detection. Foram selecionados apenas artigos escritos em inglês e artigos que enfocassem estratégias para aumentar a adesão às taxas de rastreamento do CCR. Para realizar a análise de risco de viés, foi utilizado a ferramenta Cochrane Risk of Bias. Didaticamente os estudos foram agrupados de acordo com a metodologia da estratégia para aumentar a adesão.

Resultados

Dois artigos que abordaram a triagem por recomendação/educação de profissionais médicos apresentaram aumento de 12,4% e 2,2 vezes mais chance de os pacientes completarem os testes de triagem; três recorreram à recomendação/formação de profissionais de saúde não médicos ou pesquisadores assistentes, em que a adesão passou de 1% a 29% e 1,6 vezes mais chance de segui-la; quatro utilizaram recomendação/educação de membros capacitados da comunidade, em que houve aumento de 6,6% para 26,4%; duas disponibilizaram kits FOBT gratuitos por correios e farmácias, em que o aumento foi de 29,8% para 30%; envio de panfletos/convites pelo correio ou convite a pacientes por telefone, cujo crescimento variou de 1,1% a 13,7%; três educaram a população por meio de multimídia, o que elevou a taxa em14%; cinco utilizaram um mix de intervenções, resultando em um crescimento de 1,7% para 76,9%.

Conclusão

O aumento da taxa de adesão aos testes de rastreamento do CRC está relacionado à orientação fornecida por uma equipe multidisciplinar treinada. Além disso, o método clínico centrado no paciente atende às singularidades do paciente e utiliza a melhor metodologia de rastreamento baseada em evidências científicas para cada população. Por fim, o envio de panfleto personalizadas e o fortalecimento do contato com os pacientes via telefone/multimídia também aumentam as chances de sucesso.

Palavras-Chave

Câncer, neoplasias colorretais, diagnóstico, intervenção precoce, educação em saúde, rastreamento, estratégia.

Área

Gastroenterologia - Intestino

Autores

Érico Henrique Araújo de Morais, Luiza Araújo Diniz, Iure Kalinine Ferraz de Souza, Rayane Elen Fernandes Silva, Raquel Miranda Carvalho, Eduardo Ângelo Braga, Camila Guimarães Mendes