XX Semana Brasileira do Aparelho Digestivo

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Hepatite autoimune com sobreposição de Doença de Crohn: um relato de caso

Apresentação do Caso

Paciente feminina, 17 anos, gestante de 32 semanas, procurou atendimento por início de trabalho de parto. Na admissão hospitalar: emagrecida, desidratada, associada a diarréia mucossanguinolenta há dois anos. Exames: hemoglobina 7.5; leucograma 7570; 38% de bastões; Clostridium difficile (toxina A e B), CMV, HIV I e II, toxoplasmose IgM/IgG e Sífilis - todos negativos; Marcadores inflamatórios elevados PCR 77.8, VSG 118, albumina 2.6; bilirrubina total 0,7; TGO 25; TGP 11. Realizada cesárea de urgência. Histórico de hepatite auto-imune diagnosticada por biópsia, sem tratamento atual. TC de abdome total: fígado reduzido, contornos irregulares, sugestivo de hepatopatia crônica; presença de moderada ascite; espessamento parietal dos cólons sugestivo de gastroenterocolite. Iniciado tratamento com Ciprofloxacino + Metronidazol EV e Nitazoxanida, com pouca melhora. Seguiu- se com endoscopia Digestiva Alta: Pangastrite endoscópica erosiva leve e bulboduodenite endoscópica erosiva moderada; Colonoscopia: Pancolite ulcerativa com acometimento ileal. Anatomopatológico: presença de granulomas e atividade inflamatória acentuada em duodeno, íleo e cólons, sugestivo de Doença de Crohn ativa. Iniciada indução com glicocorticóides, com melhora clínica para seguimento ambulatorial.

Discussão

A hepatite autoimune (HAI) é uma doença necro-inflamatória crônica do fígado. Predomina no sexo feminino, mais comum dos 10-30 anos de idade. Apresenta-se de forma insidiosa com alterações laboratoriais, hepatomegalia e icterícia ou sinais de hepatopatia crônica. A HAI pode estar associada a outras doenças auto imunes, como a Doença Inflamatória Intestinal (DII). A Doença de Crohn (DC) é uma DII crônica, com componente genético e ambiental prevalente. Os sintomas típicos são dor abdominal, diarreia persistente, perda de peso, fadiga, febre e sangramento retal. É discutido que as DIIs podem ocorrer devido a presença genes de suscetibilidade, também identificados em outras doenças imunomediadas, indicando sobreposições entre as vias. Assim, esses pacientes são mais propensos a desenvolverem outras doenças auto imunes. A HAI é raramente associada à DC, sendo mais comum sua associação com Retocolite Ulcerativa ou Colangite Esclerosante Primária.

Comentários finais

Apesar da HAI ser mais associada a RCU, a nossa paciente se apresentou com sobreposição com DC, um caso incomum mas que deve ser sempre pensado quando investigamos associações entre doenças auto-imunes.

Palavras-Chave

Hepatite autoimune; Doença de Crohn; sobreposição;

Área

Gastroenterologia - Intestino

Autores

Amanda Hillesheim Schuck, Bruna Gianatassio Pozzi, Carolina Tisott Burtet, Gabriela Fabris Zamboni, Jonathan Soldera, Rafaelle Galiotto Furlan, Silvana Sartori Balbinot