XX Semana Brasileira do Aparelho Digestivo

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

SEGURANÇA DO INIBIDOR DE BOMBA DE PRÓTONS: UMA REVISÃO HORIZONTAL

Introdução

O número de usuários de Inibidores de Bomba de Prótons (IBP) vem crescendo a partir da última década, acompanhado desse maior uso do medicamento, há também a prescrição inadequada do mesmo. Isso ocorre devido a sua eficácia e boa tolerância, dessa forma, há superutilização e uso inadequado com dose e duração excessivas. A literatura, porém, revela que há efeitos colaterais do uso de IBP a longo prazo tais como pneumonia, câncer do trato gastrointestinal, demência. Esses efeitos colaterais, no entanto, necessitam ter sua comprovação demonstrada e possuem baixa associação, necessitando mais estudos para melhor elucidá-las.

Objetivo

Averiguar a relação entre o uso dos Inibidores de bombas de prótons e seus efeitos colaterais a longo prazo relatados em revisões da literatura

Método

Este estudo buscará, a partir de bancos de dados indexados (PubMed, Scielo e Lilacs) nos últimos 5 anos, pelo método PRISMA, revisões que abordem o uso a longo prazo de IBPs e seus possíveis efeitos colaterais. Critérios de inclusão: artigos de revisão e metanálises; títulos que incluem efeitos colaterais a longo prazo do IBP; artigos que incluem esse assunto na íntegra; artigos que estudaram os efeitos colaterais a longo prazo. Critérios de exclusão: artigos que não discutem o tema na íntegra; artigos que discutem os efeitos em crianças/adolescentes; artigos em outros idiomas que não português, inglês ou espanhol; artigos sobre toxicidade ou efeito agudo do IBP; duplicatas.

Resultados

Foram analisados 14 artigos e 21 efeitos colaterais.

Conclusão

A associação do IBP com a maior parte dos efeitos colaterais relatados foram negadas, dentre eles: câncer, doença renal crônica, demência e pneumonia adquirida da comunidade. Houve associação positiva para pólipos de fundo gástrico, deficiência de magnésio e nefrite intersticial aguda. Apesar de os efeitos colaterais serem amplamente divulgados, não há comprovação de que o risco é maior que o benefício para uso do fármaco, dessa forma o uso de IBPs é seguro.

Palavras-Chave

Inibidores da Bomba de Prótons, Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos, Efeitos Adversos de Longa Duração

Área

Gastroenterologia - Miscelânea

Autores

Tatiana Yumi Bando, Luiza Suplicy di Pace, Leonardo Tanaka, Monica Lapa, Ethel Zimberg Chehter